terça-feira, 21 de junho de 2011

Eis que faço novas todas as coisas

“Eis que faço novas todas as coisas”
Apocalipse 21:5



Por Pr. José Sérgio Ackel

Introdução:
 De acordo com a lei de Lavoisier “na natureza nada se cria, nada se perde, tudo se transforma”. Esta é uma lei da física e da química que conhecemos muito bem, o homem não tem capacidade para criar algo do nada, só DEUS tem esse poder. Do nada criou em seis dias o universo e tudo o que ele contém, inclusive a raça humana para habitar num planeta único que se chama “Terra”. “Os céus declaram a glória de Deus e o firmamento anuncia a obra das suas mãos” Salmo 19:1. No primeiro livro da Bíblia (Gênesis) temos o surpreendente relato da criação, e no último livro (Apocalipse) o Senhor diz: “Eis que faço novas todas as coisas” Ap 21:5. Fazer nova, significa “criar” novas coisas conforme encontramos no livro de Apocalipse:

1.  Novo nome – Apocalipse 2:17;
2.               Nova Jerusalém  - Apocalipse 3:12;
3.               Novo nome de Jesus – Apocalipse 3:12;
4.               Novo cântico – Apocalipse 5:9; 14:3;
5.               Novo céu – Apocalipse 21:1;
6.               Nova terra – Apocalipse 21:1;
7.               Novas todas as coisas – Apocalipse 21:5

Conclusão:
No final de tudo, após o cumprimento de todas as profecias bíblicas, o Senhor cria novas todas as coisas. O inicio de algo totalmente inimaginável da nossa parte, criando a partir do nada, para o seu gozo, para receber “a nova criatura” gerada pelo Espírito Santo em Cristo Jesus, transformada num corpo incorruptível unido a um espírito eterno dado por DEUS.
O Senhor Jesus já anteveu este momento quando disse:” não beberei deste fruto da vide, até aquele dia em que o beba novo convosco no reino de meu pai” Mateus 26:29
E para este dia que estamos avançando sempre, almejando o fim do cumprimento das profecias.
Não somos mais do mundo, apenas como novas criaturas que somos em Cristo, aguardamos “novas todas as coisas”.
“Falamos de gastar tempo; a Bíblia fala de adquiri-lo.” J. Blanchard

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Nos deixe seu comentário.

Postar um comentário